Perspectiva histórica
Colégio - Ideário

O Colégio de Nossa Senhora de Lourdes é uma escola católica, propriedade da Congregação das Religiosas do Amor de Deus em Portugal, desde o ano de 1942, quando lhe foi concedido o alvará nº 483 pelo Ministério da Educação.


A Congregação foi fundada em Toro, Espanha, no dia 27 de Abril no ano de 1864, pelo sacerdote espanhol e professor catedrático Jerónimo Mariano Usera y Alarcón que viu na educação o meio por excelência de promover os valores cristãos. A partir desta data foram fundados numerosos centros educativos Amor de Deus, espalhados pela Europa, América e África, onde se formavam crianças e jovens com o objectivo de se tornarem cidadãs, mães e educadoras bem formadas “para a sociedade e para Deus”.


Em 1932, por força das circunstâncias da Guerra Civil em Espanha, a Congregação veio pela primeira vez para Portugal, para iniciar a sua actividade educativa na cidade do Porto.

As Religiosas começaram a exercer a sua missão educativa a partir do ano de 1932, primeiro no grande colégio do Porto e a seguir num Colégio sito na rua Miguel Bombarba, 149, data em que as mesmas se encarregaram da parte administrativa. A 8 de Setembro de 1933 o mesmo colégio passou a ser propriedade das Religiosas do Amor de Deus. A direcção pedagógica estava a cargo de D. Aurora da Conceição Ribeiro de Gouveia, antiga professora e proprietária deste estabelecimento, já com o nome de Nossa Senhora de Lourdes. Nestes primeiros anos, a direcção pedagógica foi partilhada com a professora Carolina Ferreira da Cunha, mais tarde irmã do Amor de Deus.


O ano lectivo iniciou com 9 alunos, mas o número elevou-se a 52, já no fim do primeiro trimestre. Nos anos seguintes a frequência foi aumentando progressivamente, tornando-se o espaço demasiado pequeno para  dar respostas aos pedidos de admissão.

A partir de Outubro de 1939, devido ao número crescente de alunos, o Colégio mudou para um edifício maior, entre as ruas do Campo Alegre e Rainha D. Estefânia, ocupando o solar pertencente à família Van Zeller. Nesta época o edifício era dotado de um grande bosque (onde hoje é o pavilhão lectivo) com alamedas de camélias, árvores exóticas e gigantescas e um lago de cisnes.


A fácil acessibilidade e situação geográfica são ainda hoje aspectos positivos em favor do Colégio.


Este edifício a princípio alugado, passou, muitos anos mais tarde, a ser propriedade da Congregação.


Em 1959, verificando-se novo aumento dos alunos a direcção do Colégio decidiu-se pela aquisição de um edifício na rua António Cardoso, onde passou a funcionar o Ensino Infantil, com autorização do Ministério, por meio de um despacho de 20 Outubro de 1959.

Depois de terem passado pelo Colégio várias gerações de jovens (internas e externas) que, com sucesso, frequentaram o Colégio desde a Educação Infantil até à entrada da Universidade. A 27 de Janeiro de 1976,por diversas razões, incluindo a degradação das instalações, a Direcção do Colégio decidiu suspender, provisoriamente, o ensino Preparatório e Liceal, ficando o Colégio Nossa senhora de Lourdes durante 11 anos, a funcionar apenas com ensino primário e infantil.


Com o objectivo de melhorar os espaços, a Congregação fez várias diligências, em ordem à compra de terreno, para uma nova construção ou aluguer de um edifício adequado. A 30 de Novembro de 1984, realiza-se então a velha aspiração de compra do imóvel da rua Rainha D. Estefânia.


A Congregação, tendo em conta os bons resultados anteriores e os constantes pedidos dos pais dos alunos, empreendeu a construção de um novo edifício em 1987, destinado à reabertura das aulas do 2º ciclo e curso liceal, nos espaços anteriormente ocupados pelos jardins e bosque que circundavam o edifício original.

Um despacho de 15 de Outubro de 1987 autorizou a abertura da primeira turma do 5º ano. Esta que, inicialmente funcionou no antigo edifício, foi transferida para as novas instalações no ano seguinte. Em 1990 é concedido o paralelismo pedagógico para o 1º, 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, em regime de co-educação.


O restauro do edifício antigo em 1992, mantendo o traçado original, que vigora até à data, permitiu melhores instalações para os serviços de direcção, secretaria, administração, refeitórios e habitação das religiosas.

Em 1994 foi fixada a lotação total deste Estabelecimento com 958 alunos, sendo 193 do pré – escolar, 325 do 1º ciclo, 175 do 2º ciclo e 256 do 3º ciclo.

O Colégio celebra anualmente com o Estado contrato simples de apoio financeiro, para todos os níveis de escolaridade.


Esta Congregação está hoje representada em vários pontos do País: Porto (Colégio Nossa Senhora de Lourdes); Coimbra (Uma casa de acolhimento, uma IPSS – casa de infância Dr. Elísio de Moura); Lisboa (Jardim de Infância, creches, escolas do 1º e 2º ciclos, educação Popular e Misericórdias); Chaves (Lar); Guimarães (Colégio Interno para raparigas com problemas familiares); Ílhavo (Lar de 3ª Idade); Estoril

(Escola do 1º Ciclo); Cascais (Colégio com os 3 Ciclos e Ensino secundário); Alandroal (Hospital e lar de 3ª Idade) e Vila Viçosa (Lar de raparigas e infantário).

Todos estes Centros funcionam em regime de co-educação.

 

 
 
Voltar Página Inícial Topo

Copyright © 2006-2008 Colégio de Nossa Senhora de Lourdes